NO

CIAS

5ª Conferência Municipal de Cultura de Volta Redonda

13 de fevereiro de 2020


Uma oportunidade de rever as questões culturais do município foi a realização da 5ª Conferência Municipal de Cultura, em 13 de fevereiro no teatro GACEMSS1, quando foi feita também a prestação de contas do Conselho anterior, através de seu presidente Carlos Eduardo Gíglio e da prestação de contas feitas pela Secretária de Cultura dos avanços e pendências no planejamento estratégico para a cultura no município.

A Mesa de abertura, contou com a presença do presidente do GACEMSS, anfitrião da Conferência pela cessão do espaço do Teatro 1, a Secretária de Cultura, Aline Ribeiro, que também representou o prefeito Samuca Silva, em viagem  a SP e o presidente do Conselho de Cultura, Carlos Eduardo Giglio.

Participei de todas as Conferências de Cultura, como delegado e como imprensa, cobrindo suas atividades pelo Canal 36. Gostei de ver a participação dos mais diversos grupos culturais e ver, pela primeira vez nas 5 edições, a eleição de representantes de todos os setores, como titulares e suplentes do Conselho Municipal de Cultura.

#galeria#

Um fato histórico foi a representatividade da comissão dos artesãos de Volta Redonda, que foi eleita por aclamação, já que haviam 7 candidatos para as 8 vagas disponíveis. Sinal de maturidade e participação. Os artesãos também tem uma vaga no Conselho Municipal de Cultura.

No palco os grupos de Matriz Africana e de Folias de Reis entregaram documentos para serem transformados em lei, após tramitação na CMVR, reconhecendo os dois movimentos com patrimônio cultural de Volta Redonda.

Após a primeira etapa de leituras e destaques no regimento da Conferência, deu-se as já referidas prestações de contas e após breve intervalo a apresentação de dança de matriz africana brindou os participantes.

A eleição dos conselheiros foi feita setorialmente, apresentando-se no palco com tempo padrão de 2 minutos os candidatos a cada um e assembleia com os crachás levantados elegia os titulares e suplentes na ordem de quantidade de votos.

Um coisa que me chamou a atenção, foi ver muitos candidatos ao Conselho, fazendo a sua apresentação oral, com idéias de executores de cultura, imaginando a ação do Conselho como realizador das ações, quando o papel primordial de um Conselho de Cultura é, de maneira simplista, avaliar os projetos apresentados pelos proponentes que pleiteiam apoio cultural, fiscalizar as ações culturais do município e representar cada um dos segmentos que formam o Conselho nas questões comuns a valorização da cultura do município. Uma boa oportunidade para apresentar a todos o papel do Conselho e suas atribuições: O Conselho Municipal de Cultura é o órgão que institucionaliza a relação entre a administração municipal e os setores da sociedade civil ligados à cultura, participando da elaboração e da fiscalização das políticas culturais e o Fundo de Cultura é um dos instrumentos que o Sistema Municipal de Cultura precisa ter para que o município seja integrado ao Sistema Nacional de Cultura. É o Conselho de Cultura que vai estabelecer as diretrizes gerais para o fomento à cultura e fiscalizar a aplicação dos recursos do Fundo.

De toda maneira foi muito bom participar. Senti falta de muitas pessoas do meio, mas como foi uma recomendação da Plenária da 4ª Conferência a realização durante a semana com a eleição após as 18 horas e seguiu-se o rito, isso pode ter influenciado a presença de muitos.


FORAM ELEITOS:

Patrimonio:
Carlos Eduardo Giglio
Regina Helena Soares de Carvalho

Artesanato:
Mara MarciaMachado Ribeiro da Silva
Rosenilda S. A. dos Santos

Dança:
Marinalva Soares
Yuri Ribeiro Gomes

Cultura Urbana:
Bruno Nery Silva
Cássio Leonardo Honorato

Associação de Moradores:
Milton Pereira
Mônica Garcia Costa Bastos

Literatura:
Raquel Rodrigues Leal
Elisa Carvalho

Artes Visuais:
Aparecida Giane de Carvalho
Andreia Cristina R. de Brito

Música:
Jackie Pires Oliveira
Gabriel Galdino B. Rodrigues

Teatro:

Washington Jorge Izaias
Leon Thiago Ferreira Chaves

Cultura Afro:
Mãe Célia
Fernanda Francisco da Silva

Movimentos Sociais:
Lucas Felipe de Souza Gonçalves
Rosalita P. Barbosa Vales

Cultura Popular:
Abel de Paula de Oliveira
Anderson Theodoro Moura


Parabéns a todos os que fazem cultura, aos eleitos e ao GACEMSS por entender a importância de um local para que todos os que militam na área encontrem local de acolhida. Para todos nós foi bom ser acolhido nessa casa de Cultura, ainda mais quando o assunto é esse.



Jader Costa


ANEXOS:

RECEBA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de tudo o que acontece em nossa região.