NO

CIAS

Ballet GACEMSS apresenta Suíte do Ballet O Quebra-Nozes e O Morcego

29 de novembro de 2019

Uma semana intensa de atividades culturais chega ao final, mas celebra sua  diversidade cultural com uma apresentação impressionante do Ballet GACEMSS. Apresentação dupla. Suite do ballet “O QUEBRA-NOZES e o ballet MORCEGO. Duas linguagens diferentes em três apresentações no mesmo palco.

O teatro 1 se enche dos convidados, professores, alunos e entusiastas para ver a performance de professores e alunos do Ballet GACEMSS com a participação especial de dois bailarinos convidados, integrantes do Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Felipe Moreira e Alyson Trindade. Uma verdadeira festa para os olhos. 

Dividido em dois atos os espetáculos de danças  encantaram o público. Fico feliz por poder acompanhar essas apresentações e ver a evolução do trabalho da Izabel, sempre tão atenta aos detalhes e orientando todos para que tudo vá bem. Falei com ele num dos intervalos e em suas palavras fica notória sua preocupação com o ensino. “Nós fazemos essa parceria em trazer bailarinos do Theatro Municipal, que já atuam conosco a diversos anos, porque essa é uma forma de nossos professores e alunos verem a evolução profissional da dança. É sempre uma troca de conhecimento para todos”, comenta. “O Ballet GACEMSS apresenta nesses dois espetáculos a multiplicidade de talentos que temos aqui. Um clássico e um contemporâneo, com uma linguagem pouco usual em nossa região, mas que apresenta uma excelente oportunidade de mostrar nosso potencial”, finaliza.

O já consagrado “O Quebra Nozes”, teve o seu segundo ato apresentado. No folheto a orientação do público que vê no palco a conquista e transformação através da dança. Nos bastidores a intensa movimentação e troca de cenários, para trazer a beleza plástica das apresentações que precisam ser contextualizadas. Sucesso total expressas nas intensas salva de palmas. Fecham-se as cortinas e no intervalo para o segundo espetáculo conseguimos seguir Izabel e ver sua atuação nos bastidores. “Esse cenário é depois”, aponta para a equipe enquanto solicita ajuda para trocar elementos da próxima cena. “Esse poste vem pra cá depois. Teremos mais uma dança...” Nesse frisson, tento acompanhar Izabel enquanto comenta com voz branda mas firme, entrando no camarim. “Parabéns a todos, estava ótimo. Muito bem... ei, a máscara é somente na próxima dança”. Passam por mim os bailarinos e num aceno de cabeça vejo a tensão da estréia no ar. Percebo então a preocupação com os detalhes enquanto dá o comando e alento a sua equipe. Izabel é uma guerreira com grande talento e dedicação e desde 1991 nos brinda com suas apresentações. Além daqui, também coordena o Ballet Educação no município.

Aliás, um detalhe importante. Beatriz Viana, hoje também professora no Ballet Gacemss, começou com o Ballet Educação sob a coordenação de Izabel. Tem um currículo e talento impressionantes e um futuro ainda mais brilhante. 

Ao ver com mais detalhe o livreto que todos recebem ao entrarem, percebo a beleza de toda a equipe, Melissa Lima, Cleide Marques, Maria Carolina Pratti e PV Carvalho, além de Beatriz Viana, que, junto com os alunos, engrandecem a arte da dança em nossa cidade, oferecendo um espetáculo realmente digno de aplausos. Toda a equipe nos bastidores, iluminação, sonoplastia e apoio estão integradas e sempre atentas a oferecer o melhor.

Para mim foi surpreendente ver o PV carvalho como morcego. Gostei da sua interpretação nessa peça onde a coreografia mais divertida permite aos profissionais e alunos exercerem outras habilidades além da dança. Ao abrir das cortinas a música de Strauss II nos impulsiona e cativa nossas atenções. Com uma iluminação primorosa, o cenário se destaca e valoriza a atuação dos bailarinos. 

#galeria#

Perceber no sorriso de cada um a felicidade de estar no palco é muito bom. Vi isso após o espetáculo, ao falar com alguns e sentir esse clima amistoso, entre abraços e parabéns, toda a equipe celebrou uma grande estréia. “Para mim foi a realização se um sonho, momento de intensa satisfação”, comentou Beatriz Viana. “Para nós é um privilégio vir participar aqui no Ballet GACEMSS”, comenta ainda ofegante o primeiro bailarino do Theatro Municipal, Felipe Moreira. “Na verdade o privilégio é nosso de estar aqui. A gente aprende muito mais do que ensina e eles veem que somos iguais. Amamos dança e nos sentimos honrados com o convite da Izabel”.

Ouvi Melissa Lima, emocionada, ainda abraçando sua filha agradecendo. “Obrigada, filha, por você ter vindo, foi muito bom ter você aqui com a vovó”. Não resisti e a entrevistei, já que nos bastidores cruzei olhares com ela ainda correndo para apresentar sua personagem. “Agora estamos tranquilas. Uma estréia é sempre um frio na barriga, por mais tempo que a gente tenha. Isso é emocionante e nos permite ensinar aos alunos e alunas o que deve ser feito com nossos exemplos. O espetáculo foi maravilhoso!”, sentencia.

Entre abraços e fotos no palco, encontrei o morcego PV Carvalho, professor de dança contemporânea no Ballet GACEMSS. ”O bacana de um espetáculo não convencional como esse é que nos permite criar melhor o personagem e emprestar um pouco do que somos. Foi muito divertido participar e gratificante fazer parte do Ballet GACEMSS”, comenta.

A noite se finda e as emoções estão ainda a flor da pele. Pais abraçados com suas filhas deixam orgulhosos o teatro. Nessas horas, tenho também orgulho de fazer parte do GACEMSS. Parabéns Izabel e toda a equipe! Sensacional.

#video#

RECEBA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Cadastre seu e-mail e fique por dentro de tudo o que acontece em nossa região.